DestaquesGeral

Startup que vai desenvolver ferramenta em benefício do cacau da Bahia é premiada pelo Sebrae

Treevia vence Desafio Tecnológico com aplicativo que otimiza o manejo florestal

 

Foi realizada  durante o Festival do Chocolat, que aconteceu no Centro de Convenções em Ilhéus, o Sebrae, em parceria com o Sistema Faeb/Senar, realizou a final do Desafio Tecnológico. A apresentação dos três finalistas contou com a presença da diretoria e conselho administrativo e deliberativo da entidade.

A Treevia foi a startup vencedora e receberá um aporte de R$ 100 mil para desenvolver a ferramenta, que vai otimizar o manejo florestal, proporcionando mais eficiência aos processos, além de impactar na redução do custo operacional e no aumento da produtividade e, consequentemente, maior rentabilidade para o produtor rural.

A proposta da Treevia concorreu junto com as finalistas Busca Terra e Sucupira Agroflorestas e foi eleita a melhor pelo júri técnico, composto pelo coordenador estadual de Negócios Inovadores do Sebrae Bahia, Tauan Reis, a analista da Unidade de Inovação do Sebrae Nacional, Fernanda Zambon de Carvalho, o diretor da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB), Guilherme Moura, o diretor do Centro de Inovação do Cacau, Cristiano Vilela, e a promotora regional de Meio Ambiente, Aline Archangelo Salvador.

“Essa Desafio é muito importante para o desenvolvimento do agronegócio e do micro e pequeno empreendedor, que é o foco do Sebrae e a razão da nossa existência. Essa iniciativa tende a beneficiar também esses negócios e ainda contribuir para a sustentabilidade e preservação ambiental” declarou o diretor administrativo financeiro do Sebrae, José Cabral.

Tauan Reis destacou que a realização do Desafio Tecnológico foi um marco para o fomento à inovação. “A lei e as políticas de inovação atuais favoreceram a criação de um ambiente mais dinâmico no Brasil, principalmente para a pesquisa, desenvolvimento e renovação nas empresas e startups. A subvenção tecnológica é um dos instrumentos disponíveis hoje para estimular essas atividades e trazer maturidade para o ecossistema”, afirmou.

O CEO da startup Treevia, Esthevan Gasparoto, celebrou a vitória destacando a importância do prêmio para a empresa. “Esse prêmio é uma conquista super importante, não só pela visibilidade no âmbito regional e nacional, mas prover soluções mais sustentáveis para a cadeia do cacau faz parte de um posicionamento estratégico que a nossa empresa já vinha buscando e estamos muito felizes com o resultado”, celebrou.

O programa beneficiou os três primeiros colocados com viagem para capacitação, conexão e entendimento dos desafios enfrentados, viagem para teste prático da solução, passagem, hospedagem, mentorias, acesso aos produtores de cacau e cursos específicos. O primeiro colocado participará da e-Agro e recebe um aporte de até R$ 100 mil do Sebrae Bahia para o desenvolvimento da solução tecnológica.

(Fotos: Clodoaldo Ribeiro)

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar