WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesGeral

Comitiva da República de Camarões visita fábrica-escola do CEEP do Chocolate em Ilhéus

Ministro diz que projeto pode ser aplicado no país africano

O ministro da República de Camarões no Brasil, Martial Tchenzette, acompanhado de uma comitiva composta de representantes da  Câmara de Comércio Brasil-Camarões, e dos setores de Educação, Turismo e da Cadeia Produtiva do Cacau do país africano, visitaram na tarde desta quarta-feira (17) o Centro Estadual  de Educação Profissional Nelson Schaun, CEEP do Chocolate,  em Ilhéus.
 No colégio da rede estadual de ensino da Bahia, a comitiva visitou a Fábrica Escola do Chocolate. A unidade atende cerca de 350 estudantes do curso de Agroindústria.  Os camaroneses conheceram toda a estrutura de funcionamento da unidade, da seleção de amêndoas de cacau com certificado de origem à produção de chocolates finos nas versões  45%, 61% e 70% cacau.
 Martial Tchenzette destacou que esse é um projeto muito importante, porque capacita os jovens para o mercado de trabalho, além de proporcionar a inserção social, uma missão que é essencial para  Camarões. Queremos compartilhar essa experiência exitosa do Governo da Bahia e replicar na rede pública em nosso país, que tem investido na produção de cacau e chocolate para impulsionar a economia”.
 Além de atuarem no processo de produção de chocolate, os estudantes do CEEP Nelson Schaun também são incentivados ao empreendedorismo e a se inserir no mercado de trabalho, num setor que apenas no Sul da Bahia já conta com cerca de 120 marcas de origem. Através de uma parceria com a Universidade Federal do Sul da Bahia-UFSB, os alunos têm acesso ao Curso Superior de Tecnologia (CST) em Produção de Cacau e Chocolate, dentro do Programa Itinerário Contínuo. Pela parceria, metade das vagas são destinadas ao CEEP, através do Sisu.
 O gestor do CEEP do Chocolate Nelson Schaun, Julierme Barros Couto, destacou que “a visita da comitiva demonstra que a fábrica-escola se tornou referência no projeto de Educação Profissional desenvolvido pelo Governo da Bahia, num processo de ensino-aprendizagem que valoriza o conhecimento e a prática”. “A capacitação dos alunos e a inserção no mercado de trabalho é importante num momento que o Sul da Bahia vive a retomada da produção de cacau e a consolidação do polo chocolateiro”.
 Além do Ceep Ilhéus, o Governo do Estado mantém fábricas-escola do Chocolate no Ceep da Floresta do Cacau e do Chocolate Milton Santos, em Arataca, e no Centro Territorial de Educação Profissional (Cetep) do Médio Rio de Contas, em Ipiaú.
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar