WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesGeral

Itacaré é destino fascinante para observação de Baleias Jubarte

Geografia privilegiada permite visão por terra e por mar

Itacaré, na Bahia, é um dos destinos mais fascinantes para a observação de baleias jubarte, especialmente entre os meses de julho e novembro, quando cerca de 20 mil baleias passam pelo litoral baiano durante a temporada de reprodução. As jubartes migram das águas geladas da Antártida para as águas tropicais mais quentes do Brasil, onde encontram condições ideais para acasalar e dar à luz.

Foto Tárek Roveran

A geografia privilegiada de Itacaré permite a observação das baleias tanto por terra quanto por mar. Os visitantes podem desfrutar de passeios de barco organizados por diversas agências locais, que oferecem a chance de ver essas majestosas criaturas de perto. Esses passeios são geralmente acompanhados por biólogos ou guias especializados que fornecem informações detalhadas sobre o comportamento e a conservação das baleias.

Além dos passeios de barco, Itacaré oferece vários pontos de observação em terra onde é possível avistar as baleias brincando com seus filhotes. Praias e mirantes como a Praia da Concha, Praia do Resende, Praia da Tiririca, Restaurante Mirante Marina (alto da Praia do Costa), Praia da Engenhoca e Itacarezinho são alguns dos locais mais recomendados para esta atividade.

Foto Tárek Roveran – Baleias Franca

Em 2022, os visitantes de Itacaré foram presenteados com uma raríssima cena de duas baleias francas nadando pelas praias da Tiririca. As baleias seguiram para a Praia do Costa e Ribeira, partindo no sentido sul. Segundo o Instituto Baleia Jubarte, a aparição das baleias francas é rara na região. Essa visita inusitada foi flagrada pelo fotógrafo e professor de surf Tárek Roveran, que faz boletins sobre as ondas diariamente.

Nayane Rossetti, (foto) bióloga do Instituto Baleia Jubarte, destaca a importância desse fenômeno para a educação ambiental e a conservação das baleias: “A chegada das baleias é um momento muito especial. A experiência de ver esses animais em seu habitat natural torna a educação ambiental mais impactante, motivando as pessoas a desenvolverem comportamentos mais sustentáveis.”

Sérgio Cipolotti, (foto)  biólogo e coordenador do Instituto Baleia Jubarte, ressalta a longevidade e os benefícios da atividade na região: “O turismo de observação de baleias vem sendo realizado em Itacaré desde 2004. Estamos comemorando 20 anos dessa atividade, celebrando o crescimento da população de baleias-jubarte que proporciona encontros majestosos ao público. Esse turismo, quando respeitadas as normas de avistagem, traz desenvolvimento socioeconômico para a comunidade, com mais um atrativo ecoturístico de ‘peso’.”

Foto: Instituto Baleia Jubarte

Itacaré não só se destaca pela observação de baleias, mas também por sua infraestrutura turística bem desenvolvida, que inclui uma variedade de opções de hospedagem, restaurantes e atividades ao ar livre. Esta combinação de beleza natural, biodiversidade marinha e excelente infraestrutura torna Itacaré um destino completo para os amantes da natureza e para aqueles que procuram uma experiência única e memorável.

Foto: Instituto Baleia Jubarte

Com uma abordagem sustentável e educativa, o turismo de observação de baleias em Itacaré não só proporciona momentos inesquecíveis aos visitantes, mas também contribui para a preservação dessas espécies incríveis e apoia as comunidades locais. Venha viver essa experiência inesquecível em Itacaré, onde a natureza e a cultura se encontram em perfeita harmonia.

Foto: Instituto Baleia Jubarte

Sobre o Projeto Baleia Jubarte 

Atuando há mais de 35 anos na pesquisa e conservação das baleias-jubarte e do ambiente marinho no Brasil, o Projeto Baleia Jubarte, patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal, integra a Rede BIOMAR juntamente com outros projetos patrocinados pela empresa (Projeto Albatroz, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Meros do Brasil), que atuam de forma integrada na conservação da biodiversidade marinha do Brasil. Por meio deste projeto são realizadas ações de pesquisa científica, turismo responsável, ações de educação ambiental, bem como atividades de conservação que tem contribuído para o sucesso da recuperação da população de jubartes do atlântico sul ocidental. Mais informações sobre as atividades podem ser obtidas em @projetobaleiajubarte e em www.baleiajubarte.org.br

 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar