DestaquesGeral

Chocolates da agricultura familiar da Bahia são opções para a Páscoa

Bahia Cacau e Natucoa investem em produtos diferenciados

A tradição dos chocolates no período da Páscoa é certa na vida de baianos e baianas. Mas, devido às altas nos preços dos ovos de chocolate e com a mudança do perfil do consumidor, que busca cada vez mais por produtos saudáveis, os chocolates da agricultura familiar estão ganhando a preferência dos clientes de Norte a Sul do Estado.

 

Isso acontece graças aos investimentos do Governo do Estado na cacauicultura, que deu oportunidade para que diversas cooperativas e associações pudessem acessar os mercados locais e nacionais. Um dos casos de sucesso é a marca Natucoa, da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia (Coopessba).

A cooperativa, que recebe o apoio de mais de R$ 3,5 milhões do Governo do Estado, em assistência técnica e extensão rural (SDR), construção de galpão, aquisição de máquinas e entregas de kits de beneficiamento do cacau, lançou novos produtos voltados ao público infantil, com a presença de um bicho-preguiça como mascote. Em embalagens divertidas de 80g, o consumidor pode adquirir os saborosos chocolates 56% cacau com banana, cacau com cupuaçu e cacau com jaca.

 

Além das três lojas próprias da Natucoa, uma no centro histórico de Ilhéus, um ponto próximo à cooperativa, entre Ilhéus e Itabuna, e uma em Itacaré, os produtos podem ser encontrados em mercados de 15 municípios baianos e em um ponto de comercialização no Rio de Janeiro.

A presidente da cooperativa, Carine Assunção, comenta sobre o diferencial dos chocolates da Natucoa. “O nosso chocolate é feito de uma maneira mais artesanal, não é um chocolate tão processado, não usa aromatizantes e aditivos. Os nossos chocolates também são sem leite, porque a gente trabalha muito a questão do cacau de qualidade. O nosso chocolate é certificado, tem uma rastreabilidade e tem todo um padrão de qualidade”.

Carine Assunção

Todas as informações sobre os novos chocolates e os demais produtos da Coopessba como as barras de chocolate 56%, 70% e 80% estão disponíveis no site: www.natucoa.com.br, onde também estão sendo vendidos.

 

Bahia Cacau 

Outra marca da agricultura familiar que está com novidades para essa Páscoa é a Bahia Cacau, da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), localizada no município de Ibicaraí, no Litoral Sul.

A cooperativa, que possui a primeira agroindústria de fabricação de chocolate da agricultura familiar do Brasil, graças aos investimentos de R$ 3,8 milhões do Governo do Estado na melhoria da qualidade do cacau, aquisição de equipamentos para o processo de beneficiamento, assistência técnica qualificada e estratégias para o acesso ao mercado, aposta nos preços diferenciados dos seus ovos de Páscoa de 250g com opções de 50% cacau e 70% cacau.

 

Além dos ovos deliciosos, com venda exclusiva na loja de Ibicaraí e no stand de vendas do Shopping Jequitibá, em Itabuna, a cooperativa comercializa barras de chocolate nos percentuais de 35%, 50%, 60%, 70% e 75%, os bombons de chocolate com frutas típicas como jaca, cupuaçu, banana, goiaba, umbu, café, licuri, nibs e cacau em pó e as amêndoas de cacau caramelizadas, todos com descontos convidativos.

Osaná Crisostomo

Nesta Páscoa, a Coopfesba ainda participa de uma ação solidária no município de Ibicaraí, com a doação de 1.500 barras de chocolate. O diretor-presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, comentou o sucesso dos produtos neste período. “A Bahia Cacau comemora por considerar a Páscoa um momento especial para a humanidade, a ser lembrado com a degustação de um bom chocolate e atitudes solidárias”.

 

As opções de chocolate podem ser encontradas nos mercados de municípios como Ilhéus, Itabuna, Porto Seguro, Canavieiras, Una, Uruçuca, Valença, Cruz das Almas, Itacaré, Itaberaba e Salvador.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar