DestaquesGeral

Fazenda Baixa Alegre recebe selo de Certificação do IG Cacau Sul da Bahia

Produção foi comercializada com a Dengo Chocolates

 

O cultivo de cacau passa por um processo de inovação e na produção, valorizando o cultivo com o beneficiamento das amêndoas de alta qualidade, o cacau com padrão IG Sul da Bahia (65% de fermentação mínima, zero de fumaça e ardósia, no máximo 3% do somatório de defeitos totais), que ganha um novo patamar com o selo de Origem da IG Sul da Bahia.

Nesta semana, a Fazenda Baixa Alegre, em Ilhéus, certificou seu primeiro lote com o selo IG Cacau Sul da Bahia, um momento especial para o produtor rural José Augusto Tourinho Jr., o engenheiro agrônomo responsável pela produção Silvino Kruschewsky e o gerente da fazenda Luciano Santos. Foram certificadas 45 arrobas de cacau, comercializados com a Dengo Chocolates.

De acordo com o diretor executivo da Indicação Geográfica-IG Sul da Bahia, Cristiano Sant’Ana, “esse é o caminho de trazer de volta o protagonismo à região e fortalecer o nosso principal produto, indo da amêndoa à produção de chocolate, garantindo ao consumidor final rastreabilidade e a qualidade da matéria prima.” A certificação de origem do IG Cacau Sul da Bahia rastreia a origem do cacau em todas as suas etapas de produção.

A Associação Cacau Sul Bahia-iG Cacau é uma federação formada por 16 instituições representativas com um total de 3060 associados e é atualmente a mais abrangente associação da cadeia do cacau e chocolate no Sul da Bahia.

A comercialização de chocolates com Certificação de Origem, que agrega valor ao produto, também faz parte do projeto Alianças Produtivas, uma parceria do IG Cacau, Governo da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e CAR, e cooperativas.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar