DestaquesGeral

Sem aglomeração, mas com forró e alegria, festival mantém de pé tradição de festejo junino

Evento realizado na internet perpetua cultura e identidade do São João da Bahia e é alternativa de escoamento de produção da economia solidária

Com a mudança de hábitos provocada pela pandemia do covid-19, empreendedores da economia solidária enxergaram a oportunidade de inovar com a proposta do Festival São João da Minha Terra. O evento tem programação cultural de 22 a 24 de junho. Já a comercialização dos produtos dos 15 territórios atendidos pelos Centros Públicos de Economia Solidária (Cesol) iniciou no último sábado (13), e segue até o dia 24.

Targino Gondim

O evento é um convite às pessoas que estão em distanciamento social devido à crise sanitária que assola o mundo, a vivenciarem o São João com muito forró, diversão e comprando da economia solidária do território em que reside, contribuindo com o desenvolvimento local.

Adelmario Coelho

O que não pode faltar é a tradição junina regada a muito forró em casa, sem aglomeração e com a esperança por dias melhores embalada com as canções de artistas como Adelmário Coelho, Targino Gondim e Zelito Miranda que animarão a festança virtual de 22 a 24, além dos chefs Bela Gil, Rosa Gonçalves e Guga Rocha que também mostrarão toda a diversidade da Bahia manifestada na culinária.

Zelito Miranda

Realizado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), a ação tem a participação dos 13 Cesols que fazem parte da política pública de economia solidária do estado da Bahia.  Para adquirir os produtos da economia solidária e obter mais informações sobre o evento é só acessar o site www.festivalecosolba.com.br.

Bela Gil

Valorização da cultura regional

Para além dos nomes expoentes do forró na Bahia, o Festival São João da Minha Terra valoriza a formação identitárias dos territórios que compõem o estado e, para mostrar o protagonismo de artistas regionais, também integram o time de atrações musicais nomes como Altemar Rios e banda Se Avexe Não, Gil Martins, Zé Costa, Rennan Mendes, Sapiranga, Orquestra Santo Antônio, Amadeu Alves e Bilial do Forró. Os artistas mostram a pujança cultural do interior expressa na música junina.

Guga Rocha
Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar