DestaquesGeral

Novas versões de chocolates de origem da Bahia Cacau são lançados na 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária

Chocolates Branco e Diet são as novas apostas para ampliar mercados

Chocolate é uma paixão mundial e os chocólatras de plantão encontraram novidades para todos os gostos na 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária e se deliciaram com os lançamentos do chocolate branco com nibs de cacau e do chocolate Diet 75% de cacau.

Os chocolates são da Bahia Cacau, marca da Cooperativa da Agricultura Familiar e Economia Solidária da Bacia do Rio Salgado e Adjacências (Coopfesba), localizada em Ibicaraí.

Disponível em barras de 80g, o chocolate branco, além do gosto diferenciado e único, só leva em sua receita de fabricação o nibs de cacau, lecitina de girassol, manteiga de cacau e leite em pó, itens que não prejudicam a saúde e satisfazem o paladar.

 

Senador Jaques Wagner (camisa azul) no estande da Bahia Cacau

Já o chocolate Diet 75% de cacau, não tem adição de açúcar e é perfeito para consumidores que não podem ou não querem ingerir açúcar em sua alimentação, mas que não abrem mão do sabor e da qualidade, e também para os adeptos ao veganismo. Na composição dos ingredientes, tem a massa e a manteiga de cacau, lecitina de girassol e o maltitol em pó. O produto não tem lactose, glúten, conservantes, aromatizantes e gordura trans.

CONSERVAÇÃO AMBIENTAL E AGRICULTURA FAMILIAR

A Bahia Cacau, que está sob responsabilidade da Coopfesba, agrega valor ao sistema produtivo do cacau, além de contribuir na preservação da Mata Atlântica no Sul da Bahia e na elevação da renda dos agricultores familiares. A cooperativa trabalha com um mix de chocolates que variam de 35% a 70% de cacau, distribuídos em barras de 20g e 80g. Completam o mix de produtos da Bahia Cacau nibs, mel de cacau, licor de mel de cacau e os bombons de chocolate com frutas, a exemplo de abacaxi, licuri, umbu, café, banana e goiaba.

Chocolates Bahia Cacau

Os chocolates estão disponíveis no espaço de produtos do Território Litoral Sul e também na Chocolateria, uma novidade desta edição. A entrada para a Feira Baiana da Agricultura Familiar é gratuita e segue os protocolos de segurança, respeitando sempre os cuidados com a saúde dos expositores e visitantes.

Osaná Crisostomo

Para o presidente da Coopfesba, Osaná Crisóstomo, a expectativa para participar da Feira é grande e positiva: “É o momento de a gente apresentar aos consumidores nossos produtos e lançar os novos. Um momento de ansiedade para todos da cooperativa, que traz grandes oportunidades de venda para garantir renda e sustentabilidade aos nossos agricultores”.

A 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária foi   realizada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes-Bahia), com o apoio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), de Inovação Ciência e Tecnologia (Secti), da Agricultura (Seagri), da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) e Banco do Nordeste.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar