WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
DestaquesGeral

Mestra Lainha promove exposição interativa “Do Cacau ao Chocolate”

Xilogravuras permitem viagem entre tradição e modernidade da lavoura sulbaiana

 

A artista multimídia Mestra Lainha está realizado a I Exposição Interativa de Arte e Cultura “Do Cacau ao Chocolate”, que  reúne  25 xilogravuras  em uma viagem emocionante pela lavoura do cacau.

A mostra une a tradição e a modernidade, com foco na  educação e a pesquisa, contribuindo o para a democratização do conhecimento cultural..

A exposição que também faz parte da 22ª. Semana Nacional de Museus, também pode ser vista do Ponto de  Cultura e  Memória  da Casa de Cultura e Memória Popular, em Ilhéus.

 


A exposição, com produção de Larissa Paixão e apoio da Rede de Museus e Pontos de Memória do Sul da Bahia,   conta com audio-guia.

Para a visitação virtual acesse:

 

https://www.artsteps.com/view/664a4dd01c232d004e2be3b0

 

MESTRA LAINHA

 

Mestra Lainha é Janete Lainha, natural da cidade de Ilhéus. Ela já escreveu mais de 800 cordéis e sua trajetória no universo literário e lúdico começou aos sete anos de idade durante uma viagem à Bom Jesus da Lapa, quando acompanhou a mãe que estava adoentada e precisava pagar uma promessa. Com essa experiência, Lainha teve o seu primeiro contato com o cordel, conheceu um dos seus mestres e passou a escrever os primeiros versos. Ela destaca  que já teve muitas andanças e faz uma ressalva sobre a mulher negra na literatura de cordel.

 

A cordelista também é xilogravurista e explica que faz seus cordéis de forma tradicional, do jeito que seus mestres lhe passaram. Os versos têm oração, rima e metrificação. Vários trabalhos da escritora já foram premiados e para ela é fundamental que as pessoas possam conhecer e ler cordéis. Eles trazem cultura, sabedoria e significam resistência.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar