DestaquesGeral

Cooperativa da agricultura familiar comercializa amêndoas com Certificação da IG Cacau Sul da Bahia para a Chocolates Jupará

 

A agricultura familiar do Sul da Bahia deu mais um passo importante no processo de consolidação de um novo modelo de produção, que valoriza o cultivo de plantas com amêndoas de alta qualidade, o cacau fino. O IG Cacau Sul da Bahia certificou um lote de cacau produzido pelo agricultor Carlos Antônio de Farias Matos, da Fazenda São Sebastião, em Buerarema, que faz parte da Cooperativa de Serviços Sustentáveis da Bahia- Coopesba.

O lote foi adquirido pela Chocolates Jupará, que produz chocolates finos no Sul da Bahia e que vem conquistando novos mercados em vários estados brasileiros. “A Coopessba tem feito um grande trabalho para obter a Certificação Geográfica. Com isso, temos a certeza de estar adquirindo um cacau de alta qualidade. O pequeno produtor demonstra que pode produzir cacau fino, com alto valor agregado”, afirma Sérgio Lagaris, da Chocolates Jupará.

Carine Assunção e Sérgio Lagaris

De acordo com o diretor executivo da Indicação Geográfica-IG Sul da Bahia, Cristiano Sant’Ana, “temos que agir, não só ficar no discurso. Unidos e fortalecendo todas as ações em prol de uma cacauicultura forte é o caminho de trazer de volta o protagonismo para a região e fortalecer o nosso principal produto, da amêndoa à produção de chocolate”.

 

Para a presidente da Coopesba, Carine Assunção, “a cooperativa vem atuando no sentido de incentivar os agricultores familiares e investirem na produção de cacau fino, que tem demanda em expansão no Brasil e no mundo, além de garantir a sustentabilidade, gerando renda para as famílias, sem deixar de lado a necessidade de preservar a rica biodiversidade do Sul da Bahia”.

A certificação de origem do IG Cacau Sul da Bahia que rastreia a origem do cacau em todas as suas etapas de produção. A comercialização de chocolates com Certificação de Origem faz parte do projeto Alianças Produtivas, uma parceria do IG Cacau, Governo da Bahia, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e CAR, Sebrae e cooperativas.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar