DestaquesGeral

Chocolate Sul da Bahia é destaque na EuroChocolate

Produto conquista consumidores e foca mercado internacional

O Chocolate Sul da  Bahia foi um dos destaques da EuroChocolate, uma das mais tradicionais feiras da Itália na exposição de chocolates de vários países do mundo, além de estandes dedicados ao cacau. Este ano, o Brasil participou valorizando o cacau com indicação geográfica, o que é o caso do chocolate produzido no Centro de Inovação do Cacau-CIC, na Universidade Estadual de Santa Cruz-Uesc, em parceria com a Indicação Geográfica (IG) Cacau Sul da Bahia. O chocolate é produzido nas versões 65% puro cacau, 65% cacau com nibs e 65% cacau com cupuaçu

“As pessoas estão encantadas com  o sabor do chocolate e querem saber como adquirir, já que nós estamos expondo o produto apenas para degustação e não para comercialização”, disse Felipe Neves Caetano Ribeiro, Chefe do setor do Agronegócio da Embaixada do Brasil em Roma. Ele sugeriu que fosse iniciado um processo de internacionalização da marca, “porque se trata de um produto de qualidade, com grande potencial de consumo no mercado europeu”.

 

CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

O embaixador do Brasil na Itália, Helio Vitor Ramos Filho  também elogiou a qualidade do Chocolate  Sul da Bahia, que além de ser produzido com amêndoas com certificação de origem, também contribui com a conservação ambiental.  A IG Cacau e o CIC estabeleceram uma parceria com a Iniciativa para Conservação do Mico-Leão-Baiano/ Projeto Bio Brasil e o Laboratório de Ecologia de Conservação da Uesc. Com isso, 3% do valor das vendas serão destinados a programas de preservação do mico-leão-da-cara-dourada, também conhecido como mico-leão-baiano

O diretor executivo  da IG Cacau Sul da Bahia, Cristiano Sant´Anna destacou que a presença e a excelente aceitação do Chocolate Sul da Bahia na EuroChocolate “é um estímulo para que associações e cooperativas de agricultores familiares produzam cacau de origem e chocolates premium, agregando valor e gerando emprego e renda no setor  rural.

 

PROJETO COLETIVO

Produzido através de cooperativas associadas a IG, o Chocolate Sul da Bahia cria uma relação mais justa entre o produtor e o consumidor final, permitindo uma remuneração melhor e ao mesmo tempo um preço mais acessível para acesso a chocolates premium. Trata-se de um chocolate coletivo que pode ser produzido nas seguintes formas; a cooperativa ou um produtor leva as amêndoas e o produto sai com sua marca associada ao chocolate ou um atacadista adquire um lote com a marca da empresa. As embalagens possuem QR Code, que permitem a identificação de origem e qualidade das amêndoas do chocolate.

O Chocolate Sul da  Bahia pode ser adquirido através do fone-wathsapp: (73) 99813 8524  ou no estande da Natucoa e Coopercentrosul na entrada da praça da Alimentação do Shopping Jequitibá em Itabuna.

A EuroChocolate é um festival anual que acontece desde 1992 em Perugia e se extendeu a Roma e Turim e no período pré-pandemia atraia cerca de um milhão de pessoas por ano. O evento tem duração de nove dias  e oferece  vários tipos de produtos com base no chocolate., em várias praças como Piazza Italia, Piazza della Repubblica, Corso Vannucci, Via Mazzini, Via Fani, y Piazza IV Novembre. É considerado um dos cinco eventos mais importantes do setor de chocolates na Europa.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar