DestaquesGeral

Inova Cacau debate produtividade, qualidade e sustentabilidade no Sul da Bahia

O Sebrae promove hoje e amanhã (3 e 4) no Hotel Praia do Sol, em Ilhéus, a  Semana Inova Cacau. O objetivo do evento é  continuidade na construção de uma nova narrativa para a região sul da Bahia à partir de uma perspectiva da cultura cacaueira sob uma nova ótica que ultrapasse os limites de uma visão de commodities para uma produção com alto índice de agregação de valor, buscando a produção de amêndoa de  qualidade, produção de chocolate e outros derivados.

Também se pretende estabelecer uma continua relação de ações que possibilitem a permanecia de produtores confiantes e com desejo por inovação, bem como uma governança que atue de forma articulada é fundamental para que o segmento se perpetue com essa nova força produtiva.

A Semana Inova Cacau tem o apoio do IG Cacau Sul da Bahia, SENAR, Centro de Inovação do Cacau e Ceplac.

 

O Sul da Bahia é responsável por 56% da produção brasileira de cacau (IBGE-PAM, 2015). Desde a década de noventa, porém, a cacauicultura baiana enfrenta grandes desafios. Buscando superá-los, uma nova geração de produtores e empreendedores vem envidando notáveis esforços em prol da melhoria da competitividade do segmento.

O apoio às iniciativas do trade do cacau é considerado fundamental para a região, em virtude da elevada importância social, econômica e ambiental dessa cadeia produtiva.

 

A Bahia possui cerca de 25.000 produtores de cacau, quase todos de pequeno porte (CEPLAC), totalizando um Valor Bruto da Produção (VBP) no Estado acima de R$ 1,2 bilhão por ano (IBGE-PAM, 2015).

 

A Cabruca – sistema agroflorestal de cultivo do cacau predominante na região de Ilhéus – é indispensável para a preservação da Mata Atlântica. Além disso, no Sul da Bahia estão instaladas as principais unidades de moagem de cacau do Brasil.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar