DestaquesGeral

Inscrições abertas para o Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil

Premiação valoriza sustentabilidade da cadeia produtiva

Seguem abertas até o dia 30 de junho as inscrições para a terceira edição do Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil, que seleciona as melhores amêndoas produzidas no país. Um comitê técnico e júri de degustadores de chocolates farão as avaliações. Os produtores podem concorrer com lotes de uma única variedade do cacau especial ou na categoria de mistura de híbridos ou variedade genética. Os vencedores serão conhecidos em cerimônia realizada no mês de novembro e podem levar prêmios de até R$ 12 mil, além de certificado da premiação.

O Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil busca fortalecer a cacauicultura brasileira, valorizando e reconhecendo produtores que fazem um trabalho diferenciado, bem como incentivar a sustentabilidade em todo o processo produtivo. A premiação é uma iniciativa conjunta da cadeia de cacau, apoiada pela Associação das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC), Centro de Inovação do Cacau (CIC), Dengo Chocolates, FAEB/SENAR, Harald, Mondelez – Cocoa Life, Nestlé – Cocoa Plan e SEBRAE e executada pelo CIC em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC),  ). O trabalho é conduzido pela pesquisadora em Tecnologia e Ciências Agrícolas da CEPLAC, Neyde Alice Pereira.

Seleção de amendoas (foto Anna Lee)

Desde sua primeira edição em 2018, o Concurso vem se consolidando como estratégia de valorização da qualidade do cacau brasileiro com ampla participação de produtores dos estados produtores.

 

Podem participar os produtores de cacau do país, com lotes produzidos obrigatoriamente no Brasil no período de  2020 e 2021. O concurso tem duas categorias: blend (mistura de variedades) e varietal (uma única variedade).

O concurso tem como finalidade incentivar a melhoria da qualidade e da sustentabilidade na produção de cacau especial no Brasil, com a divulgação do uso da amêndoa em chocolates especiais e a promoção deste segmento junto aos consumidores.

SELEÇÃO 

As amêndoas de cacau passarão por uma análise físico-química como: umidade, peso, tamanho, pH, aroma e prova de corte, para a verificação do índice de fermentação e de possíveis defeitos.

Um comitê técnico, formado por pelo menos dez especialistas, fará uma análise sensorial do líquor. Seguindo a metodologia do CoEx, serão avaliados os atributos de sabor e aroma positivos e negativos de cada amêndoa em uma escala de zero a dez.  A nota da qualidade global servirá para aprovação das finalistas. As provas serão realizadas no Centro de Inovação do Cacau na Bahia, em data a ser definida pela Comissão Coordenadora.

Centro de Inovação do Cacau (Anna Lee)

Outra etapa avaliará a  qualidade do chocolate. Uma comissão julgadora, composta por 15 profissionais da área técnica de cacau e chocolate e com experiência em degustação do produto, será responsável pela inspeção. Os critérios para prova seguirão o Protocolo de Degustação do Centro de Inovação do Cacau (CIC), que considera 19 atributos de sabor do cacau e a nota da qualidade global.

 

Serão premiados os produtores de cacau que apresentarem a maior nota em qualidade global de líquor e chocolate e mínimo de 7 pontos na nota final de sustentabilidade.

Categoria Cacau especial: 1º lugar receberá um certificado e R$ 7 mil em prêmios, 2º lugar receberá o certificado e R$ 4 mil em prêmios e o 3º lugar, certificado e R$ 3 mil em prêmios.

Categoria Cacau varietal especial: 1º lugar receberá certificado e R$ 5 mil em prêmios, 2º lugar receberá certificado e R$ 3 mil em prêmios e o 3º lugar, certificado e R$ 2 mil em prêmios.

A cerimônia de premiação está prevista para o dia 20 de novembro. Nas duas primeiras edições do concurso, foram premiados produtores do Pará, da Bahia e do Espírito Santo.

 

Mais informações no site www.omelhorcacaudobrasil.com.br.

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar