DestaquesGeral

Bancária itabunense cria a Filhas da Terra e ‘transforma’ terapia em produção sustentável

Kokedama, a conexão com a natureza através das plantas

A pandemia da Covid 19 causada por um vírus até então desconhecido provocou uma inflexão em toda a humanidade. Para a bancária itabunense Nayara Maria de Souza, alçada ao trabalho remoto após uma vida no contato diário com clientes, essa inflexão proporcionou uma espécie de reconexão com a natureza e consigo mesma.

Nayara Maria e uma kokedama: conexão com as plantas

Em pesquisas na internet, Nayara descobriu o Kokedama (bola de musgo em tradução livre), uma técnica japonesa, derivada do Bonsai destinado a nobreza, e que permitiu o acesso à todas as classes sociais.

Ainda restrito as regiões Sul e Sudeste, o Kokedama começa a conquistar pessoas em todo o Brasil. E o que começou como terapia para Nayara, se transformou num pequeno negócio, com a comercialização da produção, que é totalmente artesanal e sustentável. Nasceu assim a Filhas da Terra, nome em referência às plantas que pelas mãos de Nayara também se transformam em arte. Além do musgo, ela utiliza fibra de coco na confecção dos kokedamas.

Depois de pronta, a planta pode ser colocada sobre a mesa, sobre um prato decorativo ou mesmo ficar suspensa no ar com o uso de barbante, arame, lã ou qualquer outro fio resistente, como se estivessem flutuando. Por ocupar pouco espaço, o kokedama é uma opção que se adapta bem tanto em apartamentos pequenos quanto em ambientes amplos.

Entre as plantas mais utilizadas por Nayara estão asplênio, antúrio, lírio do campo, poisenttia, samambaias, jibóias, hera, dentre outras.

HARMONIA

“Trabalhar com plantas melhora a concentração, exercita a paciência e o autoconhecimento e traz paz de espírito. As plantas nos ensinam muita coisa, inclusive a aceitar as pessoas como elas são e não como projetamos que elas sejam”, diz a bancária.

Segundo ela “essas plantas permitem a criação de ambientes mais saudáveis em casa e no local de trabalho e que a pessoa sinta e interaja com a planta”. “É uma arte que chegou ao Brasil para ficar, em que a pessoa que adquire passa a ter cuidados com planta, numa relação harmoniosa”, finaliza.

UMA PLANTA, UMA HISTÓRIA

A empresária Leilane Benevides, da Chocolates Beneviides, destaca que “’Nayara é aquela amiga presente, que faz questão de mimar, gosta de gente. Durante a pandemia Nayara sentiu muito a fase do isolamento, ficar longe das pessoas a deixou muito triste, se sentiu um pássaro preso, para compensar essa solidão ela se dedicou às plantas, na verdade ela se encontrou nas plantas”. “A Filhas da Terra nasceu pra fazer Nayara se ressignificar, para fazer ressurgir o brilho nos olhos dela, e fico muito feliz em tê-la motivado a empreender neste segmento, ela empreende por amor, cada plantinha conta uma história”, afirma,.

Os kokedamas com sua beleza se constituem num excelente presente de Natal, que se prolongará durante todos os dias do ano, na relação e cuidado diário com a planta.

Contato Nayara Maria de Souza (73) 99183-3351

Instagram: @filhasdaterra.loja

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar