Geral

Consultora mostra como transformar a produção de chocolates finos num excelente negócio

Sul da Bahia já tem marcas com mercado no Brasil e no Exterior

Nos últimos anos, a produção de chocolates  finos  no Sul da Bahia, região onde se produzem algumas das melhores amêndoas de cacau do mundo, ganhou impulso. A visibilidade proporcionada pelo Chocolat Bahia, em Ilhéus, e investimentos em novas práticas de manejo, produção orgânica e tecnologia, proporcionaram o surgimento de cerca de 60 marcas, algumas delas já com mercado no Brasil e no Exterior, como Chor, Sagarana, Amado Cacau e Yrerê, além da agricultura familiar como Bahia Cacau e Natucoa.

Chocolates de origem do Sul da Bahia (foto Ana Lee)

Como todo negócio, é importante que se tenha conhecimento do   potencial de mercado e dos riscos  de um setor que ainda é novidade para muitos empreendedoras.

Para quem pretende investir ou mesmo consolidar a produção de chocolates, a consultora Juliana Ustra, pesquisadora independente sobre cacau e chocolate, com ênfase em inovações no mercado do chocolate no Brasil e no mundo e coordenadora do projeto Chocolates no Brasil, tem algumas dicas importantes.

Veja e faça do chocolate um delicioso e excelente negócio:

Juliana Ustra

“Um projeto de uma fábrica ou loja de chocolates ou de confeitaria, envolve muitos sonhos, muita euforia em tirar do papel um empreendimento tão doce. A habilidade e técnica de produzir chocolate ou doces de confeitaria, são peças-chave neste processo. A inovação nas receitas e a excelência nos ingredientes, nem se fala…

Recursos financeiros são fundamentais para esta etapa, mas o que na minha opinião é o mais importante é o conhecimento da estrutura necessária para tal empreitada. 

A contratação de um arquiteto ou engenheiro civil é fundamental por conta da funcionalidade, estética, segurança, conforto, planejamento de todos espaços, demandas hidráulicas, elétricas, de iluminação, ventilação, acabamentos…

 

Porém muitas vezes estes são profissionais fantásticos, super talentosos e projetam com destreza tudo o que for solicitado, conforme o prédio ou área disponíveis, respeitando seu orçamento e seus sonhos. No entanto, o conhecimento técnico sobre o personagem chamado ” O Chocolate” não é de domínio publico, nem todos sabem o que demanda uma loja ou fábrica de chocolate. 

Este alimento tem vida própria. Tem um comportamento único, e se for “maltratado”, se transforma num produto complicado, quebradiço, esbranquiçado, enfim com defeitos de qualidade que o mercado não vai curtir. Tem que ser mantido e manipulado em ambientes que tenham determinadas condições de temperatura, umidade, entre outros fatores. Precisa obrigatoriamente de uma estrutura bem específica para se manter em sua “zona de conforto” e fazer bastante sucesso entre seus clientes. 

Parte de nosso trabalho é dar suporte durante a fase de projetos, para que se escolham com segurança todas as situações necessárias para acomodar esta operação. Atuamos em parceria com o escritorio de Arquitetura/Engenharia Civil do cliente, e além da questão do “comportamento” do chocolate, pensamos em todos os detalhes para que as questões sanitárias sejam atendidas conforme a Anvisa. 

Atuamos portanto na fase de planejamento e detalhamento de fluxos internos, organização do layout de produção, seleção de equipamentos e coordenação de aspectos e demandas de qualidade e funcionalidade do chocolate, o personagem principal!

E, em nossa agenda de cursos oferecemos, entre outras soluções um curso bem específico, o Gerenciamento de boas práticas na produção de Chocolates.

Um curso que desenhei após 22 anos como consultora em assuntos regulatórios para empresas de diversos processos e todo volume de produção. É um treinamento bem direcionado a quem estiver em fase de planejamento de uma empresa de chocolate, bem como para as em operação”.

Mais informações:  chocolate@ustra.com.br

 

(foto principal: Ana Lee)

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar